Massas: Molho de tomate fresco

Este molho de tomate é especial, simples e extremamente saboroso!
Receita da Silvia Prado, que além de ter morado alguns anos na Itália, é casada com um descendente de italianos. Estes são só alguns dos motivos dela saber tantos segredos da cozinha italiana, e é claro que seu paladar refinado deixa suas receitas com toque especial.
Quando fui pedir para Silvia esta receita a primeira coisa que ela me disse foi: “Molho de tomate é a coisa mais simples do mundo se você consegue bons tomates, com pouca ou nenhuma acidez.”

Então lá fui eu procurar tomates maduros e firmes. Me indicaram “plum tomatoes”, de formato alongado, no Brasil conhecidos como tomates italianos.
Também considerei essencial usar uma boa massa fresca! Se você ainda não sabe fazer, ou não tem tempo suficiente é possível encontrar ótimas destas massas em várias rotisserias de massas artesanais de São Paulo.
Minhas preferidas são: Mesa III, La Vera Pasta e uma nova que abriu em Janeiro deste ano que chama Pastifício Primo (o dono é super bacana e sempre esta por lá para dar dicas!).
Bom, agora vamos cozinhar!
Molho de tomate fresco
Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes para 2 pessoas:

  • 6 tomates maduros e firmes
  • 1 dente de alho cortado ao meio, longitudinal. (tire o “fio” verdinho)
  • 1 pedaço grande de cenoura para adoçar o sabor do molho
  • 1 folha de louro
  • Sal
  • Um punhado de manjericão fresco
Coloque uma panela com água para ferver. Com uma faca faça um X na parte de baixo do tomate. Mergulhe os tomates 1 a 1 na água fervente e depois mergulhe em água gelada para tirar a casca mais facilmente. Tire as sementes também!
Numa frigideira coloque um fio bem generoso de azeite e refogue as metades do alho só para soltar o aroma, junto com a folha de louro.
Adicione os tomates e o pedaço de cenoura. Vá desmanchando os tomates com uma colher de pau. Se secar coloque 1 dedinho de água.
Você vai sentir o cheiro delicioso e o tomate irá desmanchar cada vez mais fácil.
Você escolhe o ponto. Eu e a Silvia gostamos com bastante pedaços de tomate, mas você pode parar de refogar quando achar o seu ponto preferido.
Tire a cenoura e o alho.
Antes de servir jogue um punhado de folhas de manjericão.
Como disse a Silvia: “Em cima de um spaguetti com queijo parmesão e uma taça de vinho, dá vontade de chorar!”

Adorei fazer esta receita. Estava com tanta vontade de comer que esqueci de tirar a foto do prato pronto!
categoria: mss
Anúncios