Spaghetti Alla Norma


Fiz esta massa para mim, só para mim! E foi uma delícia.

É claro que ter pessoas queridas por perto é uma maravilha, e que no momento eu estou cheia de saudades do meu maridão que continua em NY, mas saber aproveitar meus momentos sozinha também é uma alegria.

Escolhi o que eu estava com vontade de comer, comprei os ingredientes necessários, na hora que eu estava com fome lá fui eu sozinha para a cozinha, demorei o tempo que quis, tomando um vinho enquanto cozinhava lentamente. Tirei as minhas fotos, muitas, muitas fotos! E depois sentei, eu e eu mesma, para saborear este delicioso spaghetti. Comi bem devagar, mastigando lentamente. Que prazer, que presente, eu mesma me dei. Ao terminar a minha refeição, me agradeci, pelo prazer de aproveitar a minha própria companhia.

“Que minha solidão me sirva de companhia. Que eu tenha a coragem de me enfrentar. Que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo” Clarice Lispector

Ingredientes para 2 pessoas:

  • 1 beringela cortada em cubos pequenos
  • 8 col. de sopa de azeite
  • 1/2 cebola
  • 1 pimenta vermelha sêca picada
  • 1 dente de alho
  • 9 tomates maduros e firmes
  • Folhas de manjericão
  • 300g de spaghetti
  • Sal e pimenta-do-reino
  • 1 col. de chá de açúcar
  • Queijo pecorino romano ralado na hora de servir

Modo de fazer:

  1. Pré-aqueça o fôrno a 260C.  Coloque a beringela em uma assadeira junto com 3 colheres de sopa de azeite, sal e pimenta-do-reino, misture bem. Leve ao forno até a beringela amolecer e caramelizar, aproximadamente 15 minutos, virando de vez em quando. Reserve.
  2. Coloque uma panela com água para ferver. Com uma faca faça um X na parte de baixo de cada tomate. Mergulhe os tomates um a um na água fervente até começar a soltar a casca e depois mergulhe em água gelada para tirar a casca mais facilmente. Tire as sementes também.
  3. Em fogo médio, aqueça 2 colheres de sopa de azeite em uma frigideira anti-aderente grande. Adicione a cebola e cozinhe até amolecer e ficar translúcida. Acrescente a pimenta vermelha e o alho, cozinhe por mais 2-3 minutos. Adicione os tomates e algumas folhas de manjericão. Acerte o sal, deixe a panela semi-tampada e cozinhe por aproximadamente 20 minutos, vá desfazendo os tomates com a ajuda de uma colher de pau.
  4. Enquanto o molho cozinha, coloque uma panela grande com água para ferver. Cozinhe a massa conforme as instruções do pacote ou até estar al dente. Escorra a massa e misture-a com o molho de tomate. Acrecente a beringela, mais algumas folhas de manjericão e misture. Sirva com o queijo pecorino ralado por cima.

4 comentários Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    a pasta parece divina, mas a frase da Clarice e de nos fazer sentar e pensar nas nossas vidas bem devagar…

  2. silvia disse:

    Que texto maravilhoso e que pasta!!!!Adoro coisas c/ beringela! Agora o Zé está numa fase sem carboidratos mas já já vou fazer essa receita p/ nós.

  3. Eleonora Rosset disse:

    Querida,
    Obrigada pelo comentário gentil no meu blog. Como vão os recém e bem casados?
    Bjs
    Eleonora

  4. teresa disse:

    que post inspirador irmã! até pensei em fazer uma comidinha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s