Sobre o sono do Martin

IMG_1483

IMG_1506

IMG_1508

Já faz algum tempo que penso em escrever sobre como conseguimos fazer o Martin dormir a noite inteira, e tirar sonecas boas durante o dia, mas ficava aflita das coisas acabarem mudando logo depois. Agora já faz alguns meses que temos noites tranquilas de sono, e me sinto confiante para compartilhar a nossa experiência.

Durante os 3 primeiros meses de vida do Martin nós decidimos que ele iria dormir do nosso lado e iríamos atender as necessidades dele prontamente sempre que ele chorasse.

Acredito que isso é muito importante nesse início de vida fora da barriga da mãe, para o bebê ficar tranquilo de que está tudo bem no mundo aqui do lado de fora, que ele não está sozinho, que está protegido. Ele acordava a noite para mamar a cada 3, no máximos a cada 4 horas. Eu via o dia nascer com ele no meu colo. Durante o dia as sonecas longas só aconteciam no colo, e eu passava o dia com ele no sling, colado em mim.

Quando ele completou 3 meses de vida, completamos junto 3 meses de noites mal dormidas e de muita dor nas costas. Eu estava extremamente cansada. Foi quando decidi que teria que dar uma solução para nossa situação, eu precisava dormir para ter condições de ser uma boa mãe para o meu filho e ele precisava dormir melhor para crescer.

O descanso é muito importante para o bem-estar dos bebês, ele nutre o corpo de forças para o bebê poder aprender, poder se movimentar e se desenvolver.

O nosso objetivo era que a nossa família inteira pudesse descansar bem, recarregar a nossa alma para podermos aproveitar juntos os nossos dias com tranquilidade e alegria.

Para entender como conseguir ensinar o Martin a dormir, em dois dias eu li 4 livros sobre como fazer o seu bebê dormir melhor e encontrei um caminho que funcionou para nós. Meu marido foi muito importante nesse momento, ele entrou comigo nessa de cabeça, e juntos conseguimos alcançar as tão sonhadas noites de sono.

Martin dorme às 8:30pm e acorda entre 7:30am e 8:00am. Às 10:00am ele tira a soneca da manhã e às 14:00 a da tarde. Cada soneca dura em média 1 hora e meia, e eu aproveito as duas para fazer as minhas tarefas do dia. Acho tão gostoso quando depois dele brincar bastante, ficar horas tentando engatinhar, coloco ele no berço, ele já coça os olhinhos, vira para o lado e rapidamente capota.

Acho que o que mais nos ajudou foi criar uma rotina e ter rituais que mostram para o nosso bebê que chegou o momento de descansar.

Coloco abaixo o que nos ajudou:

  1. Dormir no próprio quarto – Aos 3 meses nós colocamos o Martin para dormir no quarto dele, eu estava super aflita, mas ele nem notou a mudança. Nós passamos a dormir melhor, voltamos a ter o nosso quarto só para nós e a não precisar procurar o pijama com a lanterna do celular, e o Martin também ficou feliz no quarto dele.
  2. Rotina – Como falei acima, ter horários certos para dormir (e para acordar) ajudou muito, ele sabe o que esperar. No quarto mês nós também começamos a estabelecer horários para as mamadas, sempre com flexibilidade e bom senso, não queria deixar meu filho chorando de fome, mas tentava esperar até completar 3 horas de intervalo entre uma mamada e outra, principalmente entre a última mamada da tarde e a mamada da hora de dormir, para ele estar com fome. Sempre tentei ao máximo manter a rotina, mas também acredito que é importante ser flexível, então de vez em quando ele está muito cansado e dorme 15 minutos mais cedo que o normal ou às vezes não acorda às 8:00am, estica um pouco até 8:30am, ou está com muita fome e mama um pouco antes do horário. Até os 6 meses ele tirava uma terceira soneca no fim do dia, uma soneca curta de 15-20 minutos que normalmente acontecia com ele no sling, no canguru ou no carro. Agora, com 7 meses, ele parou de tirar essa última soneca, só tira quando não dormiu bem na soneca das 2:00pm.
  3. Rituais para hora de dormir – Todas as noites o Martin toma banho às 7:20 – 7:30pm, depois sentamos juntos no quarto dele e leio alguns livrinhos, ele mama e quando está satisfeito levanto com ele no meu colo, ligo o white noise (ruído branco, usamos um que parece barulho de chuva), canto uma música e coloco ele no berço. Até os 4 meses nós também embrulhávamos ele como um charutinho na hora de dormir, paramos quando ele começou a conseguir se soltar. Para as sonecas, também temos o nosso ritual. Eu levo ele para o quarto, falo que chegou a hora da soneca, fecho um pouco a janela e cortina, ligo o white noise, canto um pouco com ele no colo, coloco no berço e saio do quarto. Se ele reclamar quando eu sair, tento esperar uns 5-10 minutos para ver se ele dorme sozinho, caso comece a chorar ou demore muito para dormir, eu entro e pego ele no colo, canto mais um pouco e coloco de volta no berço.
  4. Pelo menos uma soneca no berço – Quando ele dorme no cantinho dele, sempre descansa melhor, então procuro manter uma soneca em casa e a segunda às vezes acontece no carro, mas tento evitar.
  5. Sonecas duram no minímo 1 hora e no máximo 2 horas – Se ele acordar antes de completar 1 hora de sono, deixo ele no berço brincando e falando, muitas vezes ele volta a dormir sozinho. É claro que se ele começar a chorar vou lá buscá-lo. Quando ele completa 2 horas de sono, eu entro no quarto e abro um pouco a janela e diminuo um pouco o white noise para ele acordar.
  6. Tirar as mamadas da noite – O objetivo quando ele completou 3 meses era ele dormir a noite inteira (ele estava engordando SUPER bem, por isso o pediatra deixou diminuirmos as mamadas da noite). Nós começamos com o nosso ritual de dormir, e quando ele acordava pela primeira vez na noite, o que acontecia por volta das 11:00pm, o Miguel (que não tem peito para amamentar) entrava no quarto e tentava acalmá-lo no colo, dava chupeta, fazia o famoso schhh, schhh no ouvido dele e ele voltava a dormir. Quando ele acordava pela segunda vez na noite, repetíamos o mesmo processo, e eu só amamentava se ele não voltasse a dormir ou quando ele chamava pela terceira vez. Assim, aos poucos, ele foi esticando as horas de sono, rapidamente ele passou a dormir das 8:30pm até às 4:30am / 5:00am, e gradualmente chegou até o horário atual dele acordar, que nós AMAMOS!

E vocês? Tem, ou tinham, rituais para o sono dos seus filhos?

Por aqui, o meu ritual preferido é cantar para o Martin dormir, tenho cantado sempre a mesma música, e ele adora. Quando coloco no berço ele já está virando os olhinhos de sono. Acho que é uma daquelas coisas que vou para sempre levar comigo na memória, esta música tem seu lugar garantido no meu coração.

“So rock me momma like a wagon wheel
Rock me momma any way you feel
Hey, momma rock me
Rock me momma like the wind and the rain
Rock me momma like a south bound train
Hey, momma rock me”

Wagon Wheel – Darius Rucker

 

 

1 comentário Adicione o seu

  1. Anônimo disse:

    que fotos lindas dos meus amores!!! que texto gostoso de ler!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s